Casa das Treze Janelas

Residência Oficial dos Prefeitos

É uma construção datada do início do século XX com requintes de beleza arquitetônica e fino estilo neoclássico, que serviu de residência da família do Major Simpliciano Fernandes de Medeiros e onde nasceu Stélio Maroja, Ex-Prefeito de Belém, encontrada sob o lote n.º 0069 do Cadastro Imobiliário Municipal.

Foi adquirida em 05 de setembro de 1924, pelo Intendente de Bragança, Sr. Simpliciano Fernandes de Medeiros, que residia na casa. No ano de 1968, foi restaurada para ser a “Casa dos Prefeitos”, a Residência Oficial dos Prefeitos.

Encontra-se numerado e reconhecido sob o lote n.º 0069 do Cadastro Imobiliário Municipal, localizado na Rua 13 de maio, s/n, esquina com a Travessa 7 de setembro, bairro Centro, nesta cidade, com as seguintes medições:

  • Área total do lote: 1.443 m².
  • Área construída no lote: 606 m².

Engloba bens como a fachada em estilo neoclássico, assim como é referência à memória dos Ex-Prefeitos de Bragança e de famílias que fizeram parte da política local ao longo do tempo.

Possuía assoalho em madeira, com duas salas, duas alcovas, um quarto com puxada, dispensa, corredor, cozinha, fundos competentes, com salas e varanda forradas, cujo registro cartorial se encontra no Livro de n.º 3-D, sob o cadastro n.º 2464, datado de 05 de setembro de 1924, num processo de compra e venda.

Nesse imóvel, em particular, se tem uma noção da riqueza arquitetônica que marca na memória da primeira metade do século XX no Município. Foi tombado ao Patrimônio Histórico Municipal pelo Decreto 228/06 de 04 de outubro de 2006 (Art. 1º, Item III).

Na gestão do prefeito José Joaquim Diogo foi denominada erroneamente de “Casa das Treze Janelas”, sem que o título tivesse referência no percurso ou amparo diante da trajetória histórica do imóvel. Depois, passou a funcionar como a sede da Secretaria Municipal de Saúde.